Cuidar da Profissão -

Cuidar da Profissão
 

Sem Democracia e Igualdade,

Nenhuma PAZ é possível!


apoio
15/07/2013 - 23h01 - Atualizado em 17/07/2013 - 13h44
Chapa Cuidar da Profissão - Brasil (SP)
TAMANHO DA FONTE A- A+
  Curtir  
Emanuel Meirelles
Professor da Universidade Federal do Pará/ PA

Por que apoio o MOVIMENTO PRA CUIDAR DA PROFISSÃO em Nível Federal?
A Psicologia tem passado por profundas transformações nos últimos anos. Se, até bem pouco tempo, o profissional psicólogo se restringia a uma atividade liberal e longe das demandas sociais nacionais, hoje o que se vê é uma aproximação cada vez mais forte de questões que dizem respeito ao plano coletivo. Sobretudo, através de uma inserção consistente e politizada da profissão nas políticas públicas, conciliando duas dimensões importantes de nossa formação profissional – a “técnica” e a política. Penso que o Movimento Pra Cuidar da Profissão tem sido fundamental nesta mudança de panorama e vem, ano a ano, enveredando esforços para o fortalecimento dos debates contemporâneos no campo da Psicologia. Destaco a atuação que foi realizada pela conselheira Flávia Lemos, no Pará, quanto às relações entre a Psicologia e a Sociedade. Por isto, apoio o movimento no Conselho Federal de Psicologia para continuar cuidando cada vez mais e melhor de uma profissão que não apenas se instrumentaliza tecnicamente, como também discute a função social do Psicólogo num país com questões que clamam por este tipo de atitude de nossa parte.



Curtir




 

Criação - Desenvolvimento - Hospedagem - Atitude1.com.br